Rua Rui Barbosa, 200 D Centro, Chapecó/SC
3323 3034 | 49 99917 3034centrodecoluna@centrodecoluna.com.br
AGENDAR CONSULTA
Postado em 29 de Abril às 09h27

É possível prevenir a Dorsalgia

A dorsalgia, mais conhecida como dor nas costas, é uma síndrome clínica que causa dores na região torácica posterior. Essa dor pode ter ligação com as 12 vértebras torácicas, com a musculatura, tecidos adjacentes e aos órgãos intratorácicos ou abdominais.

Os tipos mais frequentes de dorsalgia são decorrentes de alterações musculoesqueléticas, que podem estar relacionadas a alterações posturais, lesões traumáticas (fraturas de vértebras, costelas ou luxações), processos inflamatórios, osteoporose e alterações degenerativas.

A dorsalgia pode se manifestar de diferentes maneiras, integrando o espectro dos Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho, DORT.

Apesar da amplitude de causas e da dor em si que pode ser aguda (uma crise intensa) ou crônica (dor moderada, porém, constante), nem toda dor nas costas é motivo de grande preocupação. Em alguns casos, elas se curam sozinhas, ou porque o paciente repouso, ou porque adequou sua postura.

Contudo, existe uma ampla gama de possíveis causas que devem ser tratadas.

O tratamento da dorsalgia deve seguir pelo caminho de tratar, primeiramente a causa da dor, portanto, é necessário se buscar a causa.

De qualquer modo, a dorsalgia segue por um caminho mais tradicional da medicina: uso de medicamentos e repouso, associado a fisioterapia assim que a crise aguda tiver cessado.

Alguns dos tratamentos que oferecemos no Centro de Coluna:

- Acupuntura: um tratamento seguro, com baixíssimo risco e efeitos colaterais mínimos, porém, é capaz de gerar um intenso alívio na dor e uma sensação de bem-estar geral no corpo.

- Acupuntura a laser: a radiação de baixa potência proporciona alívio da dor e diminuição da inflamação.

- Fisioterapia: realizará uma avaliação minuciosa a fim de identificar a real causa do problema, é necessário que nas sessões de fisioterapia, o paciente sinta a diminuição da dor e da inflamação e ganho de força e flexibilidade muscular da região dorsal. Além de tratar a doença primária, caso exista.

Para saber mais sobre os nossos tratamentos, agende uma avaliação.

Veja também

Escoliose30/07/15 INTRODUÇÃO É uma curvatura anormal da coluna vertebral. Cerca de 2 a 3 em cada 100 adultos jovens desenvolvem alguma forma anormal de curvatura. Felizmente somente a minoria necessitarão de tratamento especial. Devemos cuidar da curvatura , principalmente, no período de grande crescimento onde ela pode aumentar com maior rapidez. A chave para controlar a escoliose é......
Lombalgia e Lombociatalgia31/07/15 São dores sentidos na região lombar e membros, região das costas situada acima das nádegas e que ocupa aproximadamente o terço final da coluna vertebral, podendo irradiar-se para as nádegas, coxas e pernas. É......
Cuidados gerais com a hérnia cervical07/04/10 No carro: Evitar viagens longas O mesmo deve ser confortável Usar sempre o retrovisor pois evitará torcer o pescoço. Evitar arrancadas bruscas Cuidados com os buracos e quebra- molas....

Voltar para BLOG