Tratamentos › Radiofrequência

Radiofrequência

Desnervação com radiofreqüência - Radiofreqüência: como ela atua?

Médicos de várias especialidades e principalmente especialistas em Medicina Intervencionista da Dor, utilizam sistemas de radiofreqüência específicos criados com a finalidade de tratar a dor, desta forma é possível aliviar a dor na coluna e outras dores relacionadas aos nervos, pela aplicação da energia da radiofreqüência sobre o tecido nervoso.
A lesão provocada pela radiofreqüência é segura e tem comprovada eficácia no tratamento da dor crônica. A corrente de radiofreqüência contínua é transmitida de um aparelho, conectado por cabo, até a ponta de uma agulha fina que é colocada em contato com o nervo alvo, esta energia desprendida, então produz alterações na condução elétrica e aquecimento controlado de uma pequena parte do nervo, que resulta em bloqueio da passagem dos estímulos dolorosos de uma área específica do corpo humano. Este procedimento tem efeito somente sobre as fibras que conduzem a dor das áreas da queixa, deixando todas as funções sensitivas e motoras do nervo abordado, intactas.
A degeneração, artrose e sobrecarga da articulação facetária, que fica na parte posterior da coluna e fixa os corpos vertebrais dos vários níveis, pode causar quadros de dor lombar, dor cervical e cefaléia intensa e às vezes incapacitante. Pode ser tratada com a Desnervação Facetária utilizando Radiofreqüência. A radiofreqüência aplicada diretamente no nervo responsável pela sensação dolorosa originada desta articulação, chamado nervo medial posterior, produz interrupção da dor imediata. Desta forma cada raiz nervosa que emerge da coluna origina um ramo chamado medial posterior que vai inervar a articulação daquele nível e lado, por exemplo se a dor for lombar é necessário aplicar a radiofreqüência nos ramos lombares, se for na região cervical idem.

Voltar para Tratamentos