Rua Rui Barbosa, 200 D Centro, Chapecó/SC
3323 3034 | 49 99917 3034centrodecoluna@centrodecoluna.com.br
AGENDAR CONSULTA
Postado em 23 de Outubro de 2020 às 14h59

Quais os benefícios da ventosaterapia?

A Ventosaterapia é um tratamento não invasivo, que tem como procedimento básico a colocação de campânulas (ou copos) de vidro sobre a pele, gerando sucção no local, como ventosas dos polvos.

Não há um consenso sobre o surgimento da técnica, mas acredita-se que tenha aparecido primeiramente na Ásia, entretanto, há relatos de uso pelos indígenas aqui nas Américas, antes da chegada dos europeus.

Como a ventosa funciona?

A colocação das ventosas no corpo segue o mesmo mapa da acupuntura e se fundamenta no fato de que a resistência contra a doença pode ser alcançada induzindo a autocura do corpo pela aplicação de pressão em pontos dos 12 meridianos.

Seu principal efeito terapêutico é controlar a corrente sanguínea e as trocas gasosas, que limpam o sangue pela pele, uma vez que a ventosa tem a mesma fisiologia das trocas gasosas realizadas pelo pulmão e pelos rins. A técnica elimina os gases e toxinas estagnados no corpo pela pressão negativa produzida pelo vácuo, equilibra o sangue e torna o pH das células homogeneamente estável.

De acordo com a Medicina Tradicional Chinesa (MTC), as toxinas acumuladas pela sujeira que ingerimos (água e alimentos) e produzimos (emoções desequilibradas) causam a estagnação do sangue coagulado, escuro e sujo nos músculos das costas ou nas articulações, causando doenças. Por isso, é necessário retirá-lo para que a pessoa possa tenha seu equilíbrio fisiológico reestabelecido e, consequentemente, recupere a sua saúde.

É tido como um ?Tratamento Negativo? que carrega as células doentes do sangue, do interior do corpo para a superfície, através das fortes absorções.

A ventosa funciona, portanto, quando os tecidos são liberados pelo vácuo, oxigenando o sangue que passa a nutrir os órgãos com mais oxigênio, recuperando as células doentes. Fisiologicamente, a ventosa consegue diminuir a aderência da pele sobre os músculos e fáscias, e de toda a musculatura das estruturas ósseas, melhorando a irrigação sanguínea e ativando o sistema imunológico no local aplicado. Isso explica o alívio da tensão muscular, da fadiga e das dores.

As marcas das ventosas

É comum vermos as marcas de ventosas nos pacientes, a tendência é que elas clareiem depois de uma semana da aplicação. Por isso, ela deve ser regular, normalmente realizada a cada 1 semana.

Como a ventosa é aplicada em pontos que são ligados ao sangue e aos órgãos do nosso corpo, a cor das marcas pode nos dizer muito sobre a saúde do paciente.

Marcas mais arroxeadas pode sinalizar falta de oxigenação adequada no sangue e acúmulo de toxinas. A cor pode estar diretamente ligada à dor do paciente, decorrente, justamente, deste acúmulo de toxinas.

Ventosa com sangria

A sangria, quando combinada com a Ventosaterapia consiste na retirada do sangue ?doente? que veio carregado do interior do corpo pela força da sucção para a superfície.

O agulhamento perfura vasos sanguíneos, capilares, veias e pele. As áreas mais comuns para aplicação são: costas, face, braços, pernas e cabeça.

A ventosa com sangria estimula a circulação do sangue e reestabelece os canais energéticos do paciente. A técnica trabalha dois canais energéticos: o da bioenergia (Tchi) e o canal do sangue (Xue). Quando trabalhados em conjunto, a estagnação do sangue é eliminada e o fígado é acalmado.

A técnica é indicada somente para pessoas com fluxo sanguíneo normal. É contraindicada em gestantes, cardiopatas, pessoas com dermatites, psoríase, micoses, cortes e ferimentos recentes, insuficiência cardíaca e hipertensos. Além de que, o paciente não pode apresentar qualquer quadro virótico.

Indicações

Na Fisioterapia, a Ventosaterapia é usada para liberar tensões na coluna, principalmente, na região lombar. Como a técnica favorece a liberação da musculatura, pode ser usada em áreas da Ortopedia e Fisioterapia desportiva. Mas seus benefícios vão além do alívio das dores:

- Controla o Sistema Circulatório;
- Fortalece a respiração da pele e dos vasos sanguíneos;
- Facilita as trocas gasosas;
- Promove a limpeza sanguínea;
- Reequilibra o pH sanguíneo;
- Alivia dores musculares, nevralgias, artrites e lombalgias;
- Facilita os movimentos articulares;
- Mantém a flexibilidade muscular e melhora as fibrosidades e aderências;
- Tem efeito relaxante;
- Combate o estresse e suas enfermidades;
- É eficaz no tratamento de enxaquecas e dores de cabeça;
- Dá profunda sensação de bem-estar e calma ao paciente;
- Melhora o estado geral de saúde de doentes crônicos;
- Pode ser aplicado em pessoas de todas as idades.

A Ventosaterapia ainda é pouco utilizada no Brasil e só pode ser praticada por profissionais certificados, como nós, aqui do Centro de Coluna!

Veja também

Travei a coluna, e agora? 05/03 Você já se sentiu um robô? Não destes modernos, superlegais, que parece pessoas. Não! Você já se sentiu como aqueles robôs antigos, todo de metal, quadrado, que anda esquisito? Não?! Então, você é o feliz proprietário de uma coluna que nunca travou. E o ?travamento? de coluna começa como tudo na vida: de forma......
Ler ou Dort30/07/15 Lesão por Esforço Repetitivo Distúrbio Osteomuscular Relacionada ao Trabalho É o nome dado ou afecções do aparelho locomotor, são lesões causadas por esforços repetitivos. São......
Fribromialgia30/07/15 O que é fibromialgia ? A síndrome de fibromialgia é uma forma de freqüente de dores musculares e cansaço que afeta aproximadamente 3,7 milhões de americanos (1998). No Brasil ainda não existe levantamento......

Voltar para BLOG