Blog

Postado em 30 de Julho de 2015 às 22h23

Fribromialgia

Doenças (14)
Centro de Coluna Chapecó/SC O que é fibromialgia ? A síndrome de fibromialgia é uma forma de freqüente de dores musculares e cansaço que afeta aproximadamente 3,7 milhões de americanos (1998). No Brasil...

O que é fibromialgia ?
A síndrome de fibromialgia é uma forma de freqüente de dores musculares e cansaço que afeta aproximadamente 3,7 milhões de americanos (1998). No Brasil ainda não existe levantamento oficial, mas estima-se que 5% da população possa devolver esta síndrome.
O nome FIBROMIALGIA significa dores nos músculos e tecidos conectivos fibrosos ( ligamentos e tendões). Esta condição é considerada uma síndrome porque abrange um conjunto de sinais e sintomas que podem ocorrer simultaneamente em diferentes doenças. OS SINAIS se referem aos achados físicos que o médico encontra quando examina o paciente, enquanto que os SINTOMAS se relacionam às queixas relatadas durante a entrevista. Fibromialgia é freqüentemente confundida e pouco entendida já que vários de seus sintomas podem ser encontrados em outras patologias. O termo fibrosite foi usado para descrever esta mesma condição. Itis significa inflamação um processo que pode desencadear dor, calor, inchaço, vermelhão e rigidez. Como os investigadores descobriram que a inflamação não é um fator importante nessa condição, o termo fibromialgia tornou-se mais correto e substitui o velho termo fibrosite.
Fibromialgia afeta principalmente músculos e seus locais de fixação nos ossos. Embora se manifeste como doença articular, ela não é inflamatória (artrite) e não causa deformidade nas juntas.
Fibromialgia é, ao invés, uma forma de reumatismo de tecidos moles ou muscular. A palavra reumatismo se refere a dor e rigidez associadas às juntas, músculos e ossos.
A síndrome de fibromialgia não apresenta alteração laboratoriais. Por isso, seu diagnóstico depende principalmente das queixas ou sensações que o paciente relata. Algumas pessoas podem olhar estes sintomas como imaginários ou desprezíveis. Durante os últimos 10 anos, entretanto, a fibromialgia tem sido melhor definida através de estudos que estabeleceram regras para seu diagnóstico. Esses estudos demostram que certos sintomas como dores musculares generalizadas e pontos dolorosos específicos estão presentes em pessoas com fibromialgia e que não são comuns em pessoas sadias e com outros tipos de reumatismo. Esses aspectos separam a fibromialgia de outras condições que se apresentam com dores ósseas e musculares crônicas.

Sintomas e sinais

Dor:
A dor é o sintoma mais importante na fibromialgia. Ela geralmente é sentida em todo corpo, embora possa começar em uma região, como pescoço ou ombro, e se espalhar para outras áreas após algum tempo. A dor em fibromialgia tem sido descrita de várias maneiras, dentre as quais ardência, incômodo, rigidez e fisgada. Geralmente varia com a hora do dia, tipo de atividade, clima, padrão de sono e estresse. A maioria das pessoas com fibromialgia dizem que sempre sentem um pouco de dor. Elas sentem dor principalmente nos músculos e dizem ter a sensação de como se estivesse constantemente gripadas. Para algumas pessoas com fibromialgia, a dor pode ser severa.
Embora o exame físico geral seja usualmente normal e essas pessoas pareçam sadias, um exame cuidadoso de seus músculos revela áreas bastante sensíveis em determinados locais. A presença e padrão desses característicos pontos sensíveis com sintomatologia de dor distingue a fibromialgia de outras condições.
Nem todos os médicos estão familiarizados com essa síndrome, mas a maioria dos reumatologistas sabem como avaliar um ponto dolorido e relacioná- lo ao diagnóstico.
As áreas doloridas na fibromialgia são similares em localização às áreas de outros tipos comuns como cotovelo de tenista, bursite trocanteriana, etc. Os pontos doloridos da fibromialgia tendem a estar presentes em ambos os lados e em diferentes locais. Embora os pontos sejam usados para diagnóstico, muitos outros pontos musculares e de tecidos moles podem ser excessivamente sensíveis. Você pode não estar ciente da exata localização desses pontos sensíveis até o momento em que eles sejam específicamente pesquisados durante exame médico.

Fadiga e Distúrbio do sono

Cerca de 90% das pessoas com fibromialgia sentem uma fadigade moderada a severa, com perda da energia, diminuição da resistência aos exercícios, ou um cansaço semelhante àquele resultante de uma gripe ou perda de sono. Algumas vezes a fadiga é um problema maior do que a dor. Pessoas com fibromialgia podem Ter uma fadiga semelhante `a de outra condição chamada Síndrome da Fadiga Crônica (SFC). Algumas pessoas com fibromialgia têm sintomas de SFC. E vice - versa. Por exemplo, muitas pessoas com SFC Têm pontos sensíveis e sintomas semelhantes aos daqueles com fibromialgia. Pelo fato de existir uma superposição entre essas duas síndromes comuns, às vezes não é possível separar essas duas condições. Um médico pode dar um diagnóstico de fibromialgia enquanto outro pode chamar a mesma condição de síndrome da fadiga crônica . Muitas pessoas com fibromialgia experimentam um distúrbio do sono, em que elas não acordam aliviadas mas sentindo - se cansadas. Embora você possa ser capaz de ficar acordado sem grandes dificuldades, o estágio de sono profundo pode estar interrompido. Você pode dormir superficialmente e acordar durante a noite. Outro distúrbio do sono, incluindo apnéia, mioclonia, e síndrome da perna cansada são também comuns. Pesquisas têm mostrado que uma ruptura do sono profundo altera muitas funções crucieis do organismo, como a percepção da dor.

Sintomas do sistema nervoso

Mudanças no humor e na maneira de pensar são comuns na fibromialgia . Muitos indivíduos sentem - se desanimadas, embora apenas 25% estejam verdadeiramente deprimido. Algumas pessoas também manifestam ansiedade. Por esse motivo existem pesquisadores que pensam poder haver relação entre fibromialgia e algumas formas de depressão e de ansiedades crônicas. É importante lembrar que pessoas com outras doenças crônicas que não é a fibromialgia também podem sentir depressão quando enfrentam dificuldades para amenizar seus sintomas.
Pessoas com fibromialgia podem referir diminuição na capacidade de se concentrar e de executar tarefas comuns. 

Veja também

Ergonomia básica preventiva para o local de trabalho06/04/10Orientações para evitar lesões nas costas Existem certas orientações básicas sobre ergonomia que podem ajudar um funcionário a evitar dores ou lesões nas costas: • Faça uma descrição da função com base nos esforços presentes em um ambiente de trabalho específico, o tempo utilizado desempenhando a tarefa e a biomecânica (definição dos movimentos......
Recomendações Para Pacientes Reumáticos21/07/15Repouso ou Exercícios: qual a melhor opção? O médico e o paciente devem estabelecer, como parte do tratamento, um programa equilibrado de repouso e exercícios. Haverá mais repouso e menos exercícios num estágio mais agudo ( mis grave), isto é, na......
Hérnia de Disco 31/07/15 Tudo o que você nunca soube sobre uma doença que ainda não conhece, mas pode ter. O que é LER? As lesões por esforços repetitivos, conhecidas no Brasil como LER, são produzidas por um conjunto de......

Voltar para Blog